🔥 Ações premium escolhidas por IA da InvestingPro Poupe agora até 50%OBTER OFERTA

BOLSAS EUROPA-Sector financeiro leva acções a recuar de máximos 20 meses

Publicado 27.04.2017, 09:15
© Reuters.  BOLSAS EUROPA-Sector financeiro leva acções a recuar de máximos 20 meses
BAYGN
-
DBKGn
-
SUBC
-
POP
-
NESTE
-
LGEN
-
STOXX
-
MDCM
-
SX7E
-

LONDRES, 27 Abr (Reuters) - As bolsas europeias recuaram face aos máximos de 20 meses, com as acções financeiras e de commodities a penalizarem o principal índice de referência, apesar dos ganhos em outros sectores cíclicos, especialmente os industriais.

O índice pan-europeu STOXX 600 .STOXX caiu 0,5 por cento no início da negociação, com o índice bancário da zona euro .SX7E a descer mais de 1 por cento.

As acções do Deutsche Bank DBKGn.DE caíram 3,5 por cento, apesar do lucro líquido no primeiro trimestre ter mais do que dobrado após a recuperação da negociação de 'bonds'. As acções do Deutsche Bank quase duplicaram em relação aos mínimos de setembro de 2016.

Uma queda de 4,7 por cento nas acções do Banco Popular POP.MC somou-se ao desempenho negativos dos bancos europeus.

As seguradoras também estão entre os sectores com pior desempenho, penalizados pelas acções da Legal & General LGEN.L , que caíram 5 por cento depois do Credit Suisse ter classificou o título como um "underperform".

As margens fracas prejudicaram as acções da empresa de energia finlandesa Neste NESTE.HE , que caiu 6 por cento, arrastando o maior índice energético europeu.

Entre as subidas, as ações da Mediclinic MDCM.L subiram até 12 por cento depois do governo de Abu Dhabi ter cancelado a exigência que os cidadãos fizessem um pagamento de 20 por cento nos tratamentos em instalações particulares, beneficiando os prestadores de serviços de saúde privados.

Os resultados optimistas da SKF, da Bayer e da Subsea 7, empresas fortemente voltadas para o crescimento económico, foram ovacionados à medida que mais investidores apostam na recuperação europeia.

As acções Subsea 7 SUBC.OL foram recompensadas depois da companhia de serviços petrolíferos ter aumentado a sua previsão para as margens de 2017, enquanto a alemã Bayer BAYGn.DE atingiu seu nível mais alto num ano depois de aumentar as suas perspectivas de vendas.

(Reportagem de Helen Reid) (Traduzido para português por Sérgio Gonçalves)

Últimos comentários

Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.