🔥 Ações premium escolhidas por IA da InvestingPro Poupe agora até 50%OBTER OFERTA

BOVESPA-Índice recupera 121 mil pontos com bateria de resultados, melhora em NY

Publicado 13.05.2021, 15:08
US500
-
BVSP
-
BRFS3
-
ELET3
-
YDUQ3
-
NTCO3
-
VALE3
-
BHIA3
-

(Texto reescrito com mais informações e cotações atualizadas)

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO, 13 Mai (Reuters) - O Ibovespa avançava nesta quinta-feira, após registrar na véspera o pior desempenho desde março, com a recuperação neste pregão encontrando suporte em resultados corporativos, entre eles o da Natura&CO, que figurava entre as maiores altas.

Às 11:02, o Ibovespa .BVSP subia 1,2 %, a 121.152,08 pontos. O volume financeiro somava 6,5 bilhões de reais.

Na véspera, o Ibovespa fechou em queda de 2,65%, maior recuo percentual diário desde 8 de março, com preocupações sobre o comportamento da inflação norte-americana e seus reflexos nos próximos passos do Federal Reserve. sinal negativo ainda prevalecia em pregões europeus e commodities como minério de ferro e petróleo, mas Wall Street abriu em alta, corroborando a melhora na bolsa paulista. O S&P 500 .SPX subia 1,2%.

"A bolsa brasileira sobe influenciada pelo mercado de fora", disse o diretor de investimentos da Reach Capital, Ricardo Campos, destacando a trégua na alta dos yields dos Treasuries, que dava espaço para a melhora em Nova York e no Brasil

"Além disso, bons resultados de empresas como Natura&Co e outras acabam ajudando", acrescentou.

DESTAQUES

- NATURA&CO ON NTCO3.SA valorizava-se 5,7% após reduzir fortemente seu prejuízo no primeiro trimestre, apoiada em forte crescimento das vendas, mesmo com restrições na esteira do recrudescimento da pandemia da Covid-19. YDUQS ON YDUQ3.SA subia 6,9%, mesmo após forte queda no lucro do primeiro trimestre, afetado pelo resultado financeiro, entre outros itens, enquanto mostrou crescimento na base de alunos total e na receita líquida no período. VIA VAREJO ON VVAR3.SA avançava 4,7%, tendo de pano de fundo um salto no lucro do primeiro trimestre, embora as margens tenham recuado sob efeito de fechamento de lojas com a piora da pandemia e maior participação das vendas online. ELETROBRAS ON ELET3.SA subia 4,1%, ajudada pelo salto de 31% no lucro do primeiro trimestre, apoiado por melhores resultados em seus negócios de transmissão, além de expectativas relacionadas à privatização de elétrica. BRF ON BRFS3.SA recuava 1,9%, após lucro no primeiro trimestre abaixo da projeção de analistas, com executivos da companhia afirmando nesta quinta-feira que o custo médio de estoque de grãos continuará a subir. VALE ON VALE3.SA caía 0,9%, com os contratos de referência do minério de ferro na China chegando a desabar até 9,5% nesta quinta-feira após um super rali que levou os preços a máximas históricas nos últimos dias. ver as maiores altas do Ibovespa, clique em .PG.BVSP

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em .PL.BVSP

(Edição de Camila Moreira)

Últimos comentários

Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.