Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize a sua experiência na Investing.com. Poupe até 40% Mais detalhes

NOVA 1-Galp investe na energia 'verde' para criar valor

Ações 18.02.2020 09:28
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este artigo já foi guardado em Artigos Guardados
 
© Reuters. NOVA 1-Galp investe na energia 'verde' para criar valor

(Altera título, acrescenta informação)

Por Sergio Goncalves e Catarina Demony

LISBOA, 17 Fev (Reuters) - A 'oil & gas' portuguesa Galp Energia GALP.LS vai abrir uma nova via de crescimento nas energias renováveis, visando atingir 10 gigawatts (GW) de capacidade instalada em 2030 com o foco na 'solarenga' Ibéria e em outras geografias, anunciou a empresa.

A empresa, que em Janeiro comprou o maior operador ibérico de projectos solar em desenvolvimento e construção à espanhola ACS ACS.MC por 2.200 milhões de euros (ME), prevê atingir uma capacidade de 3,3 GW em Espanha e Portugal em 2023, que gerarão retornos superiores a 10%.

Numa apresentação no Capital Markets Day, explicou que a transição energética para uma empresa mais verde - em novos negócios de renováveis e projecto de gás em Moçambique - vai absorver mais de 40% do seu 'capex' a partir de 2020, que se situará entre 1.000 e 1.200 milhões de euros (ME) ao ano.

As renováveis e os novos negócios representarão entre 10% e 15% do capex.

"(A Galp) visa reduzir a sua pegada de carbono ... construir um negócio de renováveis competitivo, beneficiando da integração da cadeia de valor...com investimentos equilibrados a suportar a criação de valor de longo prazo", referiu a empresa.

Apesar de ter uma dimensão muito menor do que empresas de petróleo como a Royal Dutch Shell RDSa.L , a BP BP.L , a Total TOTF.PA e Exxon XOM.N , a Galp é a maior 'oil & gas' em Portugal, onde distribui gás e vende gasolina nas suas estações de serviço, e tem uma valiosa presença internacional.

Tradicionalmente uma refinaria de petróleo, a Galp atraiu interesse dos investidores devido às suas perspectivas de crescimento na produção de petróleo e gás devido a participações em projectos no Brasil, Angola e Moçambique e a chinesa Sinopec 000554.SZ tem 30% dos seus activos brasileiros.

LUCRO SOBE

A Galp anunciou que o seu lucro líquido ajustado RCA teve uma subida homóloga de 44% para 157 milhões de euros (ME) no quarto trimestre de 2019, suportado pela performance operacional da exploração & produção de petróleo, apesar da queda de 8% nos preços do petróleo.

O EBITDA ajustado - earnings before interest, taxes, depreciation and amortization - cresceu 32% para 653 ME entre Outubro de Dezembro de 2019. O EBITDA ajustado da exploração & produção subiu 47% para 500 ME e o de gas & power aumentou 91% para 48 ME, enquanto o da refinação & distribuição caiu 17% para 99 ME.

Os números são ajustados para corrigir os efeitos de stock e eventos não-recorrentes (RCA).

"O desempenho financeiro robusto foi suportado pelos resultados de upstream e downstream, e apesar do contexto de refinação desafiante", disse a Galp em comunicado.

No quarto trimestre de 2019, o Cash Flow From Operations (CFFO) situou-se em 446 ME e o Free Cash Flow em 229 ME.

A produção média working interest (WI) foi de 136,9 mil barris por dia, um aumento homólogo de 21%. Tal foi "suportado pelo ramp-up das FPSOs #8 e #9 localizadas em Lula, o início da produção da unidade alocada à área de Berbigão/Sururu durante o período, bem como pela maior contribuição do projeto Kaombo no bloco 32, em Angola".

O investimento atingiu os 856 ME no quarto trimestre, com o E&P a representar 70% e o restante maioritariamente focados nas atividades de manutenção e melhoria da eficiência energética das refinarias, assim como na renovação da rede de distribuição.

Nas suas novas metas, a Galp vê o CFFO do grupo a passar os 3.000 ME em 2025 contra 1.900 ME em 2019, enquanto o CFFO do 'upstream' ultrapassará os 2.000 ME.

(Por Sérgio Gonçalves e Catarina Demony; Editado por Patrícia Vicente Rua)

NOVA 1-Galp investe na energia 'verde' para criar valor
 

Artigos Relacionados

Adicione um comentário

Diretrizes para Comentários

Encorajamos o uso de comentários como forma de interagir com os nossos usuários, compartilhar a sua perspetiva e fazer perguntas. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado no tema. Apenas coloque conteúdo relativo ao tópico.
  • Seja respeitoso. Até as opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
Também publique em :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar Bloqueio

Quer mesmo bloquear %USER_NAME%?

Se o fizer, não poderá consultar as mensagens de %USER_NAME% e vice versa em Investing.com.

Adicionou %USER_NAME% com sucesso à sua Lista de Bloqueios

Uma vez que acabou de desbloquear esta pessoa, deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Registe-se com o Google
ou
Registe-se com email