😎 Oferta de verão exclusiva - Poupe até 50% em ações escolhidas por IA da InvestingProOBTER OFERTA

Quem dá vida ao índice?

Publicado 25.06.2024, 12:07
DJI
-
TSLA
-

Bom dia a todos! Para responder à pergunta do título, podemos dizer (modo geral) que quem dá vida aos índices é o chamado "Provedor de Índices" é uma companhia especializada que se dedica a criação e cálculo de índices de mercado.

Mas afinal qual é o trabalho de um "Provedor de Índices"?

Entre as tarefas que um "Provedor de Índices" podemos encontrar a medição de movimentos de mercado, proporcionar "Benchmarks" para medir o desempenho de investimentos, realizar e manutenção e cálculo dos índices. Por outro lado, para algumas pessoas que têm ideia de que os "Provedores de Índices" prevêem movimentos de mercado (não há nada mais errado), outra questão se vê com alguma frequência é que estas mesmas instituições fazem consultoria de investimentos (o que é errado também), e por último não emitem nem vendem produtos de investimento, e muito menos administram dinheiro seja de quem for!

Qual a periodicidade do cálculo do Índice?

Após a seleção e ponderação dos componentes do índice, o "Provedor do Índice" começa a calcular o índice conforme a metodologia aplicada. Na sua maioria os Índices são calculados de forma diária, chegando alguns até a ser calculados em tempo real. A título de exemplo, o Índice Dow Jones Industrial Average é calculado a cada 2 segundos!

O Índice, tal como tudo na vida, precisa da respetiva manutenção e acompanhamento permanente, e como sucede esse processo?

Quando se dá a publicação do índice, é esse o momento da monitorização contínua em tempo real e a respetiva manutenção diária, para que ele esteja sempre disponível para os interessados na informação proporcionada pelo mesmo a qualquer momento.

Além do mercado, existem "n" variáveis que afetam de forma constante o desempenho dos componentes de um determinado índice, e o "Provedor do Índice" deve fazer o respetivo rebalanceamento periódico do índice com base nestas mesmas alterações que acontecem. A título de exemplo temos a incursão da empresa Tesla (NASDAQ:TSLA) dirigida por Elon Musk adicionada ao índice SP500, mas para um "Provedor de Índices" está atento a critérios de inclusão, e assim determinar quais as ações que devem incrementadas e retiradas do índice com base nas regras de metodologia estabelecidas.

A manutenção de um Índice envolve também o acompanhamento de eventos corporativos, como, por exemplo, Fusões, Split e Reverse Stock Split, Cisões, entre outros fatores que podem afetar os respetivos componentes do índice.

Objetivo de um "Provedor de Índices"?

O principal objetivo de um "Provedor de Índice" é na vertente comercial, e este objetivo passa pelo licenciamento dos seus índices a empresas qualificas para uso profissional, e manter estes clientes por meio dos serviços e suporte necessário para utilizar os índices, e comercializar os índices. Imaginemos uma empresa de informática que vende software, dá essa licença de software para as empresas utilizarem e dá o suporte necessário ao mesmo, um "Provedor de Índices" funciona de maneira muito semelhante.

Um exemplo de aplicação é, com base nestas "licenças" que um "Provedor de Índice" concede as instituições financeiras, que por sua vez criam produtos financeiros nos quais é possível investir, como o que toda a gente compra hoje em dia de forma passiva, os famosos Exchange Traded Fund (ETF).

Obrigado!

Últimos comentários

A carregar o próximo artigo...
Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.