Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize a sua experiência na Investing.com. Poupe até 40% Mais detalhes

Evergrande: Será a China o cisne negro de 2022? Eis o que os peritos têm a dizer

Ações22.09.2021 11:10
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este artigo já foi guardado em Artigos Guardados
 
© Reuters

Por Laura Sánchez

Investing.com - Apesar das tentativas da Evergrande (HK:3333) de acalmar o ambiente, assegurando que amanhã (quinta-feira) fará o pagamento de cupões sobre as suas obrigações domésticas, o gigante imobiliário está de novo em mais uma sessão de declínio na bolsa de valores.

Entretanto, os analistas continuam a fazer os seus cálculos. "O possível pagamento amanhã não impede que a empresa seja forçada a reestruturar a sua dívida nas próximas semanas", salientam na Link Securities.

"O cenário agora considerado para a Evergrande é o de uma reestruturação ordenada da sua dívida e, na pior das hipóteses, que o governo chinês intervenha para que, se a empresa entrar finalmente em falência, não haja um efeito dominó no sector que acabe por colocar em risco a solvência dos bancos do país", comentam estes peritos. "Contudo, está excluída a intervenção direta do governo chinês na empresa para evitar a sua falência", acrescentam eles.

"O governo chinês injetou 120 mil milhões de yuan (18,6 mil milhões de dólares) para manter a liquidez do sistema bancário", diz Servio Avila, analista de mercado da IG.

"Os investidores questionam-se sobre qual seria o impacto de uma reestruturação/liquidação da dívida, e se isto poderia constituir um risco sistémico. O mercado também está a analisar os possíveis derivados a nível financeiro (bancos credores, seguradoras, investidores na Evergrande) e na própria economia real, com o risco da China abrandar mais do que o esperado (toda a cadeia de produção relacionada com a construção e bens imóveis representa 25% do PIB, e grande parte da riqueza das famílias provém de bens imóveis onde a situação de Evergrande pressiona para baixo os preços)," nota a Renta 4.

"Isto poderia ter implicações para o crescimento económico global, e particularmente em sectores como o das mercadorias, dado que o gigante asiático é um dos seus principais compradores", acrescentam.

"Em princípio, parece que a exposição direta das empresas europeias e americanas à Evergrande é limitada, embora o risco real desta questão não seja esse, mas a possibilidade de um efeito dominó no sector de desenvolvimento chinês, que poderia causar um forte abrandamento no crescimento desta economia, algo que seria sentido na economia global como um todo - a economia chinesa representa aproximadamente 18% do PIB global", salientam em Link Securities.

Axel Botte, estratega global na Ostrum AM (uma filial da Natixis Investment Managers), pergunta. "Será a China o cisne negro de 2022? Os riscos de crédito da China já não podem ser ignorados. A quase falência do gigante imobiliário Evergrande levanta questões sobre o risco de crédito da China no meio de um acentuado abrandamento da atividade".

"O banco central da China PBoC (Banco Popular da China) tem tentado acalmar os mercados, injetando liquidez. De agora em diante, será essencial estar atento ao desenvolvimento dos fluxos de capital e, a este respeito, pensamos que qualquer saída desordenada provocará certamente uma reação das autoridades monetárias", acrescenta Botte.

Evergrande: Será a China o cisne negro de 2022? Eis o que os peritos têm a dizer
 

Artigos Relacionados

Adicione um comentário

Diretrizes para Comentários

Encorajamos o uso de comentários como forma de interagir com os nossos usuários, compartilhar a sua perspetiva e fazer perguntas. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado no tema. Apenas coloque conteúdo relativo ao tópico.
  • Seja respeitoso. Até as opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
Também publique em :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Rosário Maquemba
Rosário Maquemba 22.09.2021 13:26
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
Atento a economia global.
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar Bloqueio

Quer mesmo bloquear %USER_NAME%?

Se o fizer, não poderá consultar as mensagens de %USER_NAME% e vice versa em Investing.com.

Adicionou %USER_NAME% com sucesso à sua Lista de Bloqueios

Uma vez que acabou de desbloquear esta pessoa, deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registe-se com o Google
ou
Registe-se por email