Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize a sua experiência na Investing.com. Poupe até 40% Mais detalhes

Eleições na Alemanha: Quem ganha e quem perde na bolsa, dependendo do resultado?

pt.investing.com/analysis/eleicoes-na-alemanha-quem-ganha-e-quem-perde-na-bolsa-dependendo-do-resultado-200433453
Eleições na Alemanha: Quem ganha e quem perde na bolsa, dependendo do resultado?
Por Ismael De La Cruz/Investing.com   |  16.09.2021 09:16
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este artigo já foi guardado em Artigos Guardados
 

As eleições na Alemanha estão previstas para 26 de Setembro e estão a colocar todo o continente em suspense, e não é em vão, estamos a falar da principal economia da Europa. Chega também num momento-chave em que o Banco Central Europeu está a discutir o tapering (a retirada gradual dos estímulos) e os próximos aumentos das taxas de juro. Isto acontece num contexto em que a instituição enviou uma mensagem peculiar no sentido em que anunciou um abrandamento no ritmo do seu programa de compra de obrigações, mas ao mesmo tempo disse que está a recalibrar os seus instrumentos.

Esta eleição tem duas particularidades:

- Angela Merkel já não estará lá (não está a concorrer) após uma década e meia no poder, pelo que teremos um novo chanceler.

- Há incerteza sobre o resultado das eleições e, sobretudo, sobre os possíveis pactos pós-eleitorais.

Neste momento, de acordo com as sondagens e inquéritos, é o partido SPD (Social-Democratas) que detém uma vantagem em termos de apoio, mas que não seria suficiente para poder governar, de modo que, como não tem a maioria necessária, entrariam em jogo pactos e negociações. E é aqui que reside o cerne da questão, pois existem várias opções:

* Permanecer com a CDU.

* Aliar-se com os Verdes.

* Juntar-se a Die Linke (comunistas) e aos ecologistas.

O líder do SPD, Olaf Scholz, deixou claro no debate televisivo que não exclui a possibilidade de se juntar aos comunistas de Die Linke, o que certamente não seria aprovado pelos mercados.

Em princípio, o SPD é a favor do aumento do investimento público e da flexibilização das regras fiscais. Por seu lado, o FDP (Liberais) acredita que a dívida pública deve ser reduzida.

Quanto aos Verdes, a pandemia forçou a Alemanha a recuar nas restrições fiscais observadas durante muito tempo pelo que, o foco está no que os Verdes estarão a pensar. O partido promete aumentos das despesas e a reforma de um travão da dívida que limitaria o novo endividamento a apenas 0,35% do PIB. Em geral, em todos os partidos, talvez com exceção dos Liberais, há uma tendência para dar ao governo um pouco mais de margem de manobra fiscal.

Quanto ao futuro da sua indústria automóvel, que já se encontra numa corrida contra o tempo para cumprir os objetivos nacionais e comunitários em matéria de emissões, todos os partidos principais apoiam a transição para os veículos elétricos, mas diferem quanto à forma de o conseguir.

Seja como for, o facto de nenhum partido obter a maioria necessária para governar sozinho, e que serão necessárias reuniões e negociações sucessivas, significa que não veremos um governo até 2022.

Em termos de reação do mercado e de quem poderia beneficiar ou ser prejudicado, poderíamos dizer que no caso de um acordo entre o SPD e os Verdes seria bem recebido pelo euro, porque uma despesa e um empréstimo estruturalmente mais elevados aumentariam os rendimentos das obrigações e, melhorando potencialmente as perspetivas de crescimento económico, também a moeda da UE. Numa base sectorial, as empresas de energia eólica e solar devem beneficiar juntamente com o sector automóvel.

No que diz respeito às empresas, sairiam a ganhar a Siemens (DE:SIEGn) Gamesa (MC:SGREN), Infineon (DE:IFXGn), Knorr-Bremse (DE:KBX), Vestas (CSE:VWS), Volkswagen (DE:VOWG) e Wacker Chemie (DE:WCHG).

Do outro lado da escala, a Covestro (DE:1COV), Deutsche Wohnen (DE:DWNG), Flughafen Zurich (SIX:FHZN), Johnson Matthey (LON:JMAT), Lufthansa (DE:LHAG), Rheinmetall (DE:RHMG), Sandvick, RWE (DE:RWEG) e Vonovia (DE:VNAn) ficariam em desvantagem. Não seria bem recebido pelas empresas de eletricidade (poderiam ter de antecipar o processo de descarbonização) e empresas imobiliárias (devido às medidas que pretendem implementar para regular os preços do aluguer da habitação).

Eleições na Alemanha: Quem ganha e quem perde na bolsa, dependendo do resultado?
 

Artigos Relacionados

Eleições na Alemanha: Quem ganha e quem perde na bolsa, dependendo do resultado?

Adicione um comentário

Diretrizes para Comentários

Encorajamos o uso de comentários como forma de interagir com os nossos usuários, compartilhar a sua perspetiva e fazer perguntas. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado no tema. Apenas coloque conteúdo relativo ao tópico.
  • Seja respeitoso. Até as opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
Também publique em :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar Bloqueio

Quer mesmo bloquear %USER_NAME%?

Se o fizer, não poderá consultar as mensagens de %USER_NAME% e vice versa em Investing.com.

Adicionou %USER_NAME% com sucesso à sua Lista de Bloqueios

Uma vez que acabou de desbloquear esta pessoa, deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registe-se com o Google
ou
Registe-se por email