Ibersol Reg (IBS)

Lisboa
4,96
-0,02(-0,40%)
  • Volume:
    14.553
  • Compra/Venda:
    0,00/0,00
  • Var. Diária:
    4,94 - 4,98
  • Tipo:Açao
  • Mercado:Portugal
  • ISIN:PTIBS0AM0008

Ibersol Reg Vista Geral

Fecho Anterior
4,98
Var. Diária
4,94-4,98
Receitas
316,67M
Abertura
4,95
52 semanas
4,57-6,07
LPA
-1,11
Volume
14.553
Capitalização
210,3M
Dividendo (Yield)
N/A
(N/A)
Volume Médio (3m)
39.386
Rácio Preço-Resultado
-
Beta
1,42
Alteração a 1 ano
7,23%
Ação em Circulação
42.400.019
Próximos Resultados
01/05/2022
Qual é a sua opinião sobre o(a) Ibersol Reg?
ou
O mercado está atualmente fechado. A votação só abre durante as sessões de mercado.

Ibersol Reg Perfil da Empresa

A Ibersol, SGPS, SA. é uma empresa sediada em Portugal, com atividade principalmente na restauração. Tem atividade em Portugal e Espanha. A Empresa organiza as suas atividades em seis áreas comerciais: restaurantes e entregas; balcões; viagens; quiosques de café; catering; e concessões. Na área dos restaurantes e das entregas, ocupa-se da exploração de cadeias de restaurantes, sob as marcas comerciais Pizza Hut, Pasta Caffe e Pizza Movil. Na área dos balcões, opera cadeias de restaurantes sob a imagem comercial KFC, O Kilo, Burger King e Pans, bem como sob as marcas comerciais The Eat-Out Group. A área das viagens inclui a prestação de serviços de alimentação nas autoestradas e aeroportos. A área dos quiosques de café consiste em retalhistas de café sob a marca comercial Delta. Na área do catering, ocupa-se da preparação de refeições. A área das concessões inclui a gestão de concessões para prestação de serviços de alimentação nalguns locais em Portugal, tais como o Museu de Serralves e a Casa da Música, entre outros.

Leia Mais

Tipo
5 min
15 min
Hora
Dia
Mensalmente
Médias MóveisVendaVendaVendaVenda ForteVenda Forte
Indicadores TécnicosVendaVendaVenda ForteVenda ForteVenda Forte
ResumoVendaVendaVenda ForteVenda ForteVenda Forte
  • Tá complicado, talvez no final de fevereiro.
    0
    • vou reforcar
      0
      • quando são admitidas na bolsa as novas acções?
        0
        • já estão...
          0
        • obrigado.
          0
      • Upa .... ate onde ?
        0
        • até onde a covid deixar ir!
          0
      • gostei deste a/c+ subida resultados nao vendo antes 7,50
        1
        • Tinha comprado a 5,88€ e participei no AC que deu para descer o preço médio. Também gostei do AC
          0
      • Quando entram em bolsa as novas acções doaumento de capital ?
        0
        • hoje saiem os resultados do aumento de capital
          0
        • Procura de ações superou claramente a oferta no aumento de capital. Penso que são boas notícias para a Ibersol
          0
      • Upa..
        0
        • Valerá a pena comprar agora ou so depois do dia 19?
          0
          • Quem sabe o valor da venda dos direitos. Preço justo e bom . 1 euro?
            0
            • Os direitos estão a negociar a 0,31€. Cada direito dá-te 0,30 ações
              0
          • Comprar com um a capital pela frente? É de loucos....
            0
            • Viva @Nelson Barros. Sabes como podemos subscrever as ações pelo aumento de Capital?Abraço
              0
            • os direitos estarão disponiveis na tua conta para os poder exercer caso detivesses as ações antes do dia 26 acho.
              0
          • ESTÁ A CHEGAR A UM BOM NÍVEL PARA COMPRAR!!!!!
            0
            • Hoje está com um volume excelente Alguém sabe o que se passa?
              1
              • jb-capital-sobe-recomendacao-e-preco-alvo-da-ibersol-com-retorno-potencial-de-80.
                1
              • https://www.google.com/amp/s/www.jornaldenegocios.pt/mercados/bolsa/amp/jb-capital-sobe-recomendacao-e-preco-alvo-da-ibersol-com-retorno-potencial-de-80.
                1
            • Mais 3 meses de espera
              0
              • Resultados aproximam-se. Quais as expectativas?
                1
                • Após a aquisição da franquia por parte da Cinven naquela que tornou-se na maior operação de compra do setor de restauração na Península Ibérica, o ambicioso plano de expansão e crescimento da marca se evidencia cada vez mais como uma realidade: “Antecipamos que 2021 seja o ano de maior crescimento na história do Burger King em Portugal — queremos ultrapassar 170 restaurantes e igualar a concorrência”, adianta Maria Jimenez, diretora de franchisados RBI Iberia, ao ECO. “Este ano vamos fazer um investimento de mais de 30 milhões de euros em mais de 30 restaurantes e vamos criar mais de 1.000 empregos”, reforça. Valor que contam repetir no próximo ano. “Entre 2021 e 2022 pretendemos abrir cerca de 60 restaurantes com um investimento superior a 60 milhões de euros e mais de 2.000 postos de trabalho”.Há três anos que a cadeia de restauração rápida tem vindo a apostar no mercado nacional, com o ritmo de aberturas a acelerar: entre 2018 e 2020 a cadeia abriu 33 restaurantes, tanto pela mão da Ibersol (que tem um acordo desde 2017), como através a abertura de espaços próprios pelo franchisado master da RBI. “O balanço da operação do Burger King em Portugal é muito positivo e temos um plano de expansão bastante ambicioso a curto e médio prazo porque acreditamos que Portugal é um mercado com muito potencial”, diz a diretora de franchisados da RBI Iberia.Planos de expansão apesar da pandemia e do seu impacto no setor da restauração. “Para 2021 e nos próximos anos, o objetivo é continuar o desenvolvimento e o crescimento das nossas marcas, tanto nos restaurantes próprios como nos franchisados. Antecipamos que 2021 seja o ano de maior crescimento na história do Burger King em Portugal – queremos ultrapassar 170 restaurantes e igualar a concorrência”, refere. Em dois anos, valor de investimento deverá ser superior a 60 milhões de euros.“O setor da restauração tem sido um dos mais afetados pela pandemia, mas os nossos resultados não caíram tanto quanto a média do setor e isso deve-se ao reconhecimento sustentado nos últimos anos e ao desenvolvimento de canais alternativos para os restaurantes como o auto e delivery”, diz Maria Jimenez. “Estamos confiantes no futuro e acreditamos no potencial de negócio em Portugal. Continuaremos a abrir mais restaurantes para chegar a mais locais e consumidores”. Que assim seja. :)
                  1
                  • Após a aquisição da franquia por parte da Cinven naquela que tornou-se na maior operação de compra do setor de restauração na Península Ibérica, o ambicioso plano de expansão e crescimento da marca se evidencia cada vez mais como uma realidade“Antecipamos que 2021 seja o ano de maior crescimento na história do Burger King em Portugal — queremos ultrapassar 170 restaurantes e igualar a concorrência”, adianta Maria Jimenez, diretora de franchisados RBI Iberia, ao ECO. “Este ano vamos fazer um investimento de mais de 30 milhões de euros em mais de 30 restaurantes e vamos criar mais de 1.000 empregos”, reforça. Valor que contam repetir no próximo ano. “Entre 2021 e 2022 pretendemos abrir cerca de 60 restaurantes com um investimento superior a 60 milhões de euros e mais de 2.000 postos de trabalho”.Há três anos que a cadeia de restauração rápida tem vindo a apostar no mercado nacional, com o ritmo de aberturas a acelerar: entre 2018 e 2020 a cadeia abriu 33 restaurantes, tanto pela mão da Ibersol (que tem um acordo desde 2017), como através a abertura de espaços próprios pelo franchisado master da RBI. “O balanço da operação do Burger King em Portugal é muito positivo e temos um plano de expansão bastante ambicioso a curto e médio prazo porque acreditamos que Portugal é um mercado com muito potencial”, diz a diretora de franchisados da RBI Iberia.Planos de expansão apesar da pandemia e do seu impacto no setor da restauração. “Para 2021 e nos próximos anos, o objetivo é continuar o desenvolvimento e o crescimento das nossas marcas, tanto nos restaurantes próprios como nos franchisados. Antecipamos que 2021 seja o ano de maior crescimento na história do Burger King em Portugal – queremos ultrapassar 170 restaurantes e igualar a concorrência”, refere. Em dois anos, valor de investimento deverá ser superior a 60 milhões de euros.“O setor da restauração tem sido um dos mais afetados pela pandemia, mas os nossos resultados não caíram tanto quanto a média do setor e isso deve-se ao reconhecimento sustentado nos últimos anos e ao desenvolvimento de canais alternativos para os restaurantes como o auto e delivery”, diz Maria Jimenez. “Estamos confiantes no futuro e acreditamos no potencial de negócio em Portugal. Continuaremos a abrir mais restaurantes para chegar a mais locais e consumidores”. Que assim seja. :)
                    1
                    • já há dois dias que ninguém compra nem vende nenhuma ação. O que se passa?
                      1
                      • Pelos vistos nao se vai passar nada ate aos proximos resultados
                        1
                    • Esta ação não mexe. Penso que é das empresas que mais sofre com a incerteza da
                      0
                      • Da
                        0
                    • Não está mau.
                      1
                      • Nuno Pinto... Como ficaste? Mantens-te nesta? Abraço
                        1
                        • Bom dia. Também mantenho e concordo com a tua ideia... Mas parece-me que será a mais longo prazo do que pensava :) Só vendo no mínimo de 7. Se baixar mais reforço como tu fizeste. Abraço
                          2
                        • entrei hoje a 5,88€. Hoje já vou ao burger king =)
                          1
                        • Muito bom :) Se for novamente aos 5,5 reforço novamente. até lá não me compensa o reforço :) Bom jantar
                          1
                      • Até que enfim. O desconfinamento a dar resultados
                        1
                        • Infelizmente Nuno, não sabemos como isto vai ficar... Mas ao que parece, se abrir realmente a dia 19 sobe e sobe... vamos ver. Abraço
                          0
                        • ¡Esta sí! hermosa empresa española!
                          0
                        • aqui: 78mil
                          1
                      • pizza para mesa 5
                        0
                        • Vai cair.
                          0
                          • Perceco perfeitamente o que queres dizer. Acho mesmo que quando houver retoma, vai chegar novamente pelo menos aos 7. Por isso continuo a apostar nesta cotada :)
                            0
                          • Tambem acredito. Estou à espera dos 5 para entrar.
                            0
                          • Tivesse eu dinheiro disponivel e comprava mais :)
                            0
                        • Estas noticias da manutenção do confinamento estão a colocar este titulo a preço de saldo. Um boa altura para reforçar
                          0
                          • esta já só volta a parar nos 5... incrivel...
                            0
                            • graficamente pode subir bem, é verdade, mas analisando, parece-me que vai bater nos 5, suporte e depois daqui a algum tempo (pode ser meses, pode ser um ano) poderá retomar aos 7 ou mais, mas estamos muito dependentes da europa, não podemos olhar apenas à abertura de Portugal.
                              0
                            • Concordo com a análise que fazes, claramente vai apresentar prejuizos e nao vao pagar os normais dividendos... so disse que acho que sobe porque efetivamente quando o negocio normalizar e olhando para o grafico tem sustentabilidade. Repara que quando se falou em desconfinar foi aos 6,20., claro que é puro achismo ;) tenho 3000 a 5,99
                              0
                            • Se calhar tinhas mesmo razão :) mas como já aqui disse, continuo a acreditar no valor da empresa. Analisando friamente os números chegará aos 7, vai é demorar mais tempo :) Abraço
                              0
                          Isenção de Responsabilidade: A Fusion Media recorda que os dados contidos neste website não são necessariamente exatos ou disponibilizados em tempo real. Todos os preços de CFDs (ações, índices, futuros), criptomoedas e divisas não são fornecidos por bolsas de valores, mas por criadores de mercados. Consequentemente, os preços podem não ser exatos e podem diferir do preço de mercado efetivo, portanto os preços são indicativos e não apropriados para a realização de operações financeiras. Como tal, a Fusion Media não é responsável por quaisquer perdas financeiras que possam suceder como resultado da utilização destes dados.
                          A Fusion Media - ou qualquer entidade ou pessoa envolvida com a Fusion Media - não aceita nenhuma responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes da confiança depositada nas informações (incluindo dados, cotações, gráficos, e sinais de compra e de venda) contidas neste website. Informe-se integralmente sobre os riscos e custos associados à realização de operações financeiras nos mercados financeiros, pois esta é uma das formas de investimento mais arriscadas.
                          A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.