Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize a sua experiência na Investing.com. Poupe até 40% Mais detalhes

Healthcare - o sector de investimento diversificado e abrangente

pt.investing.com/analysis/healthcare--o-sector-de-investimento-diversificado-e-abrangente-200432593
Healthcare - o sector de investimento diversificado e abrangente
Por Jorge Filipe Ribeiro   |  12.04.2021 01:55
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este artigo já foi guardado em Artigos Guardados
 

A pandemia global, que afectou todo o Mundo, mostrou a importância do sector da saúde no nosso quotidiano. É certo que, um sector vital como este está, também, sujeito a oscilações. Porém, os dados estatísticos mostram a sua relevância, a sua capacidade e, concomitantemente, o seu posicionamento no mercado financeiro.

O CAGR (compound anual growth rate) cujo valor é de 7,3% desde 2014 e estima-se atingir o 8,9% nos próximos anos, provando, assim, a solidez e estabilidade deste sector. Por outro lado, estima-se uma média de $1.100 USD com gasto de saúde por pessoa em todo o Mundo, valor este que poderá atingir os $1.800USD em 2050.

Como foi referido, anteriormente, o aparecimento da pandemia Covid-19 mostrou e salientou a importância deste sector, como actividade fundamental para o bem-estar, segurança e confiança dos cidadão e, ao mesmo tempo, consolidou-o como um nicho de mercado de investimento apetecível e com perspetivas de grande valorização.

Nesta perspetiva, a introdução e aplicação das noções e componentes da Internet das Coisas ao sector saúde permitirá a redução substancial dos custos de ineficiências clínicas e operacionalização e, simultaneamente, diminuir a pressão e carga exercidas sobre os profissionais de saúde, nomeadamente: médicos, enfermeiros e técnicos, valorizando muito mais os resultados das inúmeras empresas ligadas à prestação de cuidados de saúde.

As acções deste sector representam, ainda, mais de 10% do NASDAQ Composite e, também, este é, simultaneamente, o maior sector do S&P 500. De salientar, igualmente, que um sexto das empresas do Dow Jones Industrial Average fazem parte do sector da saúde.

Então, dadas as características desta secção do mercado financeiro deverá ser tida em consideração como potencial alvo de investimento.

Subsectores do sector da saúde

Pela sua dimensão e abrangência é fácil de identificar vários subsectores, designadamente, biotecnologia, farmacêutica, assistência médica, equipamento médico, instalações saúde e vendas/distribuição.

Biotecnologia

Este subsector caracteriza-se pelo grupo de empresas vocacionadas para a pesquisa, desenvolvimento e criação de fármacos inovadores e com grande potencial futuro. Esta característica particular confere-lhes um comportamento no mercado de acções muito próprio, já que, por vezes, as aprovações, por parte das entidades certificadores e reguladoras, dos novos compostos criados podem ter um intervalo de tempo muito longo e, como tal, um investimento neste tipo de activos pode demorar vários anos até ser recompensado, para além do facto deste tipo de empresas apresentar um comportamento semelhante ao das acções de crescimento volátil. São exemplos a Amgen Inc (NASDAQ:AMGN), Biogen Inc (NASDAQ:BIIB) ou a BioNTech SE (NASDAQ:BNTX).

Farmacêutica

A denominada Big Pharma do sector da saúde é o grupo composto por um conjunto de empresas, que fabricam e comercializam fármacos, resultando o seu fluxo de receita das vendas desses medicamentos. Além disso, estas empresas levam, igualmente, a efeito pesquisas e investigações com o objectivo de desenvolver novos compostos e de obter novas patentes, que garantam uma exclusividade na produção, distribuição e venda do produto.

Contudo, o tempo de vida das patentes é limitado e, quando elas expiram a riqueza destas empresas diminui, porque as produtoras de fármacos genéricos ficam, assim, autorizadas a produzir e a comercializar o mesmo medicamento, mas com um preço de venda menor, tornando-se, por isso, concorrentes directas da empresa que, inicialmente, desenvolveu a substância. São exemplos a GlaxoSmithKline PLC ADR (NYSE:GSK), Novartis AG (SIX:NOVN) ou a Pfizer Inc (NYSE:PFE).

Assistência médica

Outro subsector é o da assistência médica através de seguradoras.

Neste caso particular, o mercado americano é o grande nicho. Actualmente dominado por grandes empresas, nomeadamente a Anthem Inc (NYSE:ANTM), a UnitedHealth Group Incorporated (NYSE:UNH), Humana Inc (NYSE:HUM) e Cigna Corp (NYSE:CI).

Neste subsector, os retornos das empresas são, à partida, constantes, tendo em consideração que a assistência médica é um elemento essencial ao quotidiano de cada ser humano. Porém, alterações de legislação nos países e o aumento e/ou a diminuição da procura da assistência segurada são factores, que criam, sempre, algum impacte no desempenho dos grupos económicos.

Equipamento médico

No que concerne ao equipamento médico, este apresenta-se como um subsector, que gera receitas provenientes da produção e vendas de equipamentos de protecção individual, bem como todo o conjunto de empresas ligadas ao desenvolvimento de tecnologia, aparelhos e dispositivos necessários aos exames de diagnóstico, tratamentos, entre outros. São exemplos Johnson & Johnson (NYSE:JNJ) ou Medtronic PLC (NYSE:MDT).

Venda e distribuição

O sector da saúde inclui o subsector das vendas e distribuição de fármacos, produtos médicos, tecnologia e software. Salienta-se mais a área da distribuição, dado que o aumento da procura de produtos da área da saúde, aliado a um aumento das redes de pontos de venda, catapultou as empresas de distribuição deste mercado para níveis de crescimento consideráveis. Algumas delas quase exclusivas deste subsector, como McKesson Corporation (NYSE:MCK) (crescimento acima de 10% em 2020) ou AmerisourceBergen (NYSE:ABC).

Por fim temos o subsector das instalações propriamente ditas, tais como hospitais, laboratórios, clínicas/consultórios médicos e residências seniores/lares de idosos. Salientam-se HCA Healthcare Inc. (NYSE:HCA) e a Laboratory Corporation of America Holdings (NYSE:LH).

Vantagens e Desvantagens

Sabe-se que a principal vantagem no investimento em acções do sector da saúde é, indubitavelmente, o facto deste estar a crescer e a expandir-se de uma forma muito mais rápida do que todos os outros sectores da economia. O facto dos Estados Unidos da América gastarem mais do que qualquer outro país do Mundo, torna o investimento, nesta área, algo promissor.

Noutra vertente, a saúde, como área do mercado financeiro, catracteriza-se por ser um investimento defensivo, dado que o comportamento das empresas que a compõe é, à partida, independente do mercado e da economia global; existe, assim, um fluxo de retornos, relativamente, constante. No entanto ocorrem, como é natural, oscilações em determinadas empresas, existindo, portanto, uma variação do desempenho.

Porém, este sector está sujeito a algumas questões que podem tornar o investimento num “presente indesejado”. Salientam-se como factores de interferência assuntos relacionados com regulamentação, discussões políticas, questões económicas e, situações excepcionais e limite como, por exemplo, o caso da circunstância pandémica vivenciada nos últimos tempos.

Do ponto de vista da regulamentação, a necessidade de manter os critérios das entidades reguladoras como a FDA ou a Agência Europeia do Medicamento podem, por vezes, criar impacte no exercício financeiro das empresas. Perda de patentes e/ou até mesmo proibição da comercialização de determinados produtos são, desde logo, os maiores constarngimentos a um bom desempenho.

Questões relacionadas com as decisões governamentais têm influência no comportamento das empresas deste sector; a concorrência e o surgimento de novos serviços e/ou produtos e o aumento ou diminuição da procura implicam, igualmente, uma oscilação nos resultados anuais.

Situações limite, como por exemplo, a pandemia Covid-19 levou a que um grande número de tratamentos, consultas, actos clínicos fossem cancelados levando a uma diminuição da rentabilidade e facturação.

Veículos de investimento

Investir neste sector é, relativamente, fácil e acessível, existindo diferentes opções e/ou estratégias, designadamente as acções individuais propriamente ditas, Fundos, ETFs e/ou REITs.

Acções Inidviduais

A escolha de empresas ligadas ao sector da saúde (produção/comercialização/investigação), que melhor se adequar ao perfil do investidor e ao seu portefólio, é uma das primeiras opções.

Os Fundos Mutuos e os ETFs são, também, uma escolha válida. Caracterizando-se como um investimento mais acessível, do ponto de vista da diversificação, a oferta deste tipo de opções de investimentos é vasta, permitindo, assim, ao investidor seleccionar o veículo de investimento mais adequado à sua estratégia, portefólio, perfil de investidor e aos seus objectivos.

Por último existe a opção dos REITs, vocacionados para a saúde. Estes ao deterem nos seus portefólios estruturas e equipamentos, como hospitais, clínicas, residências/lares de idosos ou estruturas edificadas onde estes serviços funcionam, permitem a aplicação de fundos, num sector que, como visto anteriormente, se apresenta com um comportamento estável e com possibilidade de crescimento futuro.

Notas finais

Conclui-se, deste modo, que o sector da saúde poderá ser uma opção de investimento válida para qualquer investidor, seja este mais agressivo ou mais conservador.

O abrangente leque de opções de investimento, nos seus vários subsectores, permite uma diversificação alargada. Um espectro que vai desde as opções imobiliárias, às acções de grande volatilidade, passando pelas opções, que implicam uma menor frequente atenção do investidor.

O sector da saúde tem evoluído e crescido e esta tendência prevê-se que se mantenha no futuro. Sendo um sector que, apesar de tudo, se tem demarcado das oscilações do mercado e da economia global, dada a sua característica - ser essencial à qualidade de vida, poderá considerar-se uma opção de investimento a ter em avaliação.

As ideias e as opiniões, acima descritas, reflectem a minha linha de pensamento sobre estes veículos de investimentos. Assim, não devem as mesmas ser consideradas ou tidas como forma de aconselhamento financeiro.

Healthcare - o sector de investimento diversificado e abrangente
 

Artigos Relacionados

João Cruz
Facebook - Análise Técnica Por João Cruz - 19.10.2021 4

Boa tarde a todos, no gráfico acima deixo a minha visão em termos técnicos sobre a empresa “Facebook”. Num primeiro momento e agora em referência a análise técnica é possível...

Healthcare - o sector de investimento diversificado e abrangente

Adicione um comentário

Diretrizes para Comentários

Encorajamos o uso de comentários como forma de interagir com os nossos usuários, compartilhar a sua perspetiva e fazer perguntas. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado no tema. Apenas coloque conteúdo relativo ao tópico.
  • Seja respeitoso. Até as opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
Também publique em :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Domingos Oliveira
Domingos Oliveira 12.04.2021 23:32
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
.(2)........ Todavia não será por isso que a minha curiosidade se esvai, bastando, para tanto, que o assunto me desperte o interesse. De muito por onde tenho andado e lido, Jorge Filipe Ribeiro tem um estilo de abordagem aos assuntos a que se dedica, o que o torna peça rara na matéria. Além de mostrar um bom conhecimento sobre o que versa, analisá-los de forma imparcial e desinteressada, que  torna, em minha opinião, uma excelente peça esclarecedora, a seguir com muita atenção por quem quiser investir.
Jorge Filipe Ribeiro
Jorge Filipe Ribeiro 12.04.2021 23:32
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
Caro Domingos Oliveira foi com muita satisfação que li os seu comentários. É sempre bom reconhecer que, pese embora um pouco do cunho pessoal, os meus artigos são fonte de informação e conhecimento. Desde já agradeço as suas amáveis palavras, bem como a sua opinião sobre o tema. Acredito que, apesar de assumir a pouca simpatia por investimentos de risco, mostra um grande conhecimento dos mesmos e, ao mesmo tempo, uma capacidade de análise muito consistente e sólida. Muito obrigado!
Domingos Oliveira
Domingos Oliveira 12.04.2021 23:29
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
De novo surpreendido com esta nova opiniao/linha de pensamento que Jorge Filipe Ribeiro traz sobre assunto tão premente e importante como o investimento. Desta feita, voltado para um dos sectores da vida empresarial com mais interesse para ser discutido e analisado, tanto no que de per si pode representar, quanto ao reforço que colhe  dos subsectores. Pese embora a época negra que se vive devido ao Covid, as reservas que coloca sobre eventuais perdas de valor empresarial, não passam de erros de previsibilidade, atendendo ao benefício médico-farmacêutico que inevitavelmente arrasta, provocando equilíbrios nos respetivos balanços. É claro que esta minha conclusão é despertada pela forma clara com que JFR desenvolve o seu raciocínio sobre os previsíveis efeitos da pandemia sobre os grupos de saúde. Repetindo o que já tive oportunidade de referir, não nutro simpatia por qualquer investimento que envolva risco e daí, muitas vezes o meu desinteresse por matérias deste tipo.
Pedro Cotta
Pedro Cotta 12.04.2021 11:23
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
Completamente de acordo. Do meu pequeno portefólio de apenas 3 acções, 2 são do sector Healthcare.
Jorge Filipe Ribeiro
Jorge Filipe Ribeiro 12.04.2021 11:23
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
Fantástico. Acredito então que mais de 50% do portfólio tenha uma perspectiva de crescimento bem marcada. Agradeço desde ja o comentário ao meu artugo.
Ricardo Oliveira
Ricardo Oliveira 12.04.2021 10:18
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
Eu tenho certeza do crescimento deste setor nos proximos anos,eu sou care numa empresa norte americana em Londres faz 13 anos, quando entrei na companhia me ofereceram acoes, eu nao comprei hoje percebo o quanto errei pois esta empresa cresceu muito neste periodo , pretendo agora planejar um investimento neste mercado especifico ( pessoas com idade avancada vivendo nas care home.0
Jorge Filipe Ribeiro
Jorge Filipe Ribeiro 12.04.2021 10:18
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este comentário já foi guardado em Artigos Guardados
Antes de mais agradeço o comentario ao artigo. O facto de não ter aceite acções nao deve ser tido como um erro, mas sim como uma oportunidade de aprendizagem. Também no passado ja cometi erros de investimento, vendas antecipadas e compras fora do timing, aprendi sempre. Esta é uma das razões pelas quais comecei a escrever sobre o tema do imvestimento. Este sector é, sem dúvida, uma boa opção a longo prazo.
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar Bloqueio

Quer mesmo bloquear %USER_NAME%?

Se o fizer, não poderá consultar as mensagens de %USER_NAME% e vice versa em Investing.com.

Adicionou %USER_NAME% com sucesso à sua Lista de Bloqueios

Uma vez que acabou de desbloquear esta pessoa, deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Registe-se com o Google
ou
Registe-se com email