Poupe 40%
🔥 A estratégia de ações escolhidas por IA, Titãs da tecnologia, subiu +7,1% em maio. Junte-se à ação com as ações EM ALTA.Poupe 40%

Jerome Powell, e agora? 3/3

Publicado 26.03.2024, 12:17
BAC
-
GS
-

Bom dia!

Aspirar dinheiro ou uma forma mais elegante de dizer o mesmo, é através deste palavrão "Quantitative Tightening"! Este palavrão nada mais quer dizer do que, a Reserva Federal estar a "aspirar/sugar" dinheiro da economia, a medida que reduz o seu balanço! Mas a Fed dá com uma mão e tira com a outra, o mesmo que dizer, cria o problema e dão a solução!

Outro palavrão engraçado é o "Quantitative Easing", uma maneira de desmistificar este palavrão é o seguinte: quando a Reserva Federal (FED) expande o seu balanço (por via de QE)- está a injetar dinheiro (crédito) no sistema através da compra de ativos aos bancos, será o mesmo que dizer, paga aos bancos em dinheiro e recebe os títulos que as instituições bancárias têm a sua disposição, o que por sua vez, significa que as entidades bancárias ficam com mais dinheiro para emprestar. Por outro lado, quando a Reserva Federal (FED) está a reduzir o seu balanço (por via de QT), está a retirar esse mesmo dinheiro (crédito) que anteriormente tinha dado (vendendo os títulos de volta as entidades bancárias, o que significa que os bancos têm menos dinheiro agora, ou a Reserva Federal (FED) deixa simplesmente os títulos "vencerem" (atingir a sua maturidade), e não dá aquilo que se conhece por fenómeno de "Rollover", que em bom português, podermos dizer que é empurrar com a barriga para a frente!

Se olharmos para o período após a crise de 2008 (a qual não mostro no gráfico), será possível perceber que a Reserva Federal (FED) expandiu o seu balanço em cerca de 8 triliões de dólares, com mais de metade do valor a corresponder a resposta a "Covid-19"!

Mas desde que a Reserva Federal (FED) começou a apertar a política monetária, já "aspirou" mais de 1,4 triliões de dólares, dos quase 9 triliões que compõem o seu balanço. Equivale o Quantitative Tightening (QT) até ao momento, cerca de 0,75%-1% de incremento na taxa de juro diretora como projetam os "Grandes Players", tais como, JP Morgan, Bank of America (NYSE:BAC), Goldman Sachs (NYSE:GS), entre outros?

Resumo:

O programa "BTFP" está encerrado (11 de março), o que, na prática, significa que novos empréstimos aos bancos acabaram. Os bancos irão ter que começar a desembolsar os 165 biliões que pediram emprestados.

O "Overnight Reverse Repo Market" onde os bancos "estacionam" o excesso de dinheiro, está a escoar muito rapidamente, e provavelmente no verão deste ano, o dinheiro estacionado possa "secar".

A Reserva Federal irá continuar a reduzir o seu balanço em cerca de 95 biliões de dólares todos os meses, mas Jerome Powell na última reunião disse que "muito em breve" (não me admirava que fosse daqui a 1/2 meses), viesse dizer que vão reduzir o ritmo do (QT), pois, o balanço do "Overnight Reverse Repo Market" está a ficar "seco".

Conclusão:

Todo estes fatores em conjunto indicam-nos que a liquidez está a "drenar-se" a um ritmo muito rápido, e este em princípio não será o melhor momento para acontecer, mas (na minha opinião), por vezes mais vale "sofrer" um pouco agora e recuperar no futuro, do que andar a empurrar com a barriga para a frente, o problema, como fizeram com a implementação do programa "BTFP".

Os bancos vão ter menos fundos a disposição para a refinanciar empréstimos, conceder créditos ou lidar com amortizações significativas. A medida que se espera que as perdas com os empréstimos bancários aumentem - muito devido ao imobiliário comercial (embora os americanos acredito que consigam de alguma forma dar a volta a situação, como transformar escritórios em casas), os bancos têm essencialmente que saber lidar com empréstimos deteriorados e com uma menor liquidez.

Talvez ainda para deteriorar a situação, se os problemas bancários persistirem ou até mesmo ficarem mais feios do que aquele que foi o cenário em março de 2023, a Reserva Federal poderá ser forçada a recuar nas suas políticas atuais para injetar liquidez no sistema, o mesmo que dizer, reverter a sua política atual de (QT). Mas Jerome Powell na última reunião já o fez, pois, se ele reduz o (QT), automaticamente está a deixar vencer/vender menos títulos, é uma forma disfarçada de (QE).

Em que pode resultar a reintrodução desta mesma política, nada mais nada menos em novas pressões inflacionistas, num momento em que ainda não conseguiram atingir o seu objetivo que é uma inflação de 2%!

Obrigado e continuação de um ótimo dia!

Últimos comentários

A carregar o próximo artigo...
Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.