🔥 A estratégia de ações escolhidas por IA, Titãs da tecnologia, subiu +7,1% em maio. Junte-se à ação com as ações EM ALTA.Poupe 40%

Resultados dos CTT, ADP nos EUA e Livro Bege do FED são o Destaque do Dia

Publicado 07.03.2018, 08:23
Atualizado 09.07.2023, 11:32
US500
-
JMT
-
ALSS
-
BCP
-
SEM
-
PSI20
-
IXIC
-
STOXX
-

Europa: com a exceção de Portugal (-0,21%) e Espanha (-0,04%), a sessão foi positiva para os principais índices europeus de ações, com destaque para Itália (+1,75%), que mostrou uma recuperação apos as perdas da sessão anterior.

O STOXX600 fechou com uma subida de 0,13%. 11 dos principais 18 setores fecharam com ganhos, com destaque para Recursos Naturais (+1,39%) e Automóveis & Partes (+1,24%). De lado das perdas, tivemos Saúde (-0,69%) e Imobiliário (-0,51%).

Mercado de dívida de governos na Zona Euro: a sessão foi mista para as yields nas obrigações a 10 anos na região. A Periferia mostrou descidas: Grécia (-8,4 pontos de base), Espanha (-1,3 pontos de base), Itália (-0,3 pontos de base) e Portugal (-2,7 pontos de base), enquanto Alemanha (+3,0 pontos de base) e França (+2,1 pontos de base) apresentaram subidas.

Segundo um comentário da Moody’s relativamente a Itália, é necessário uma estratégia credível para colocar o rácio da dívida pública em percentagem do PIB numa tendência clara de queda. A agência de rating vê os problemas para formar um governo suportado por uma maioria no parlamento como uma dificuldade adicional, para além dos desafios que existem em termos do crescimento económico e da evolução orçamental.

Portugal: o PSI20 fechou com uma queda de 0,21%. 12 dos 18 títulos do índice encerraram com ganhos, com destaque pela positiva para Semapa (LS:SEM) (+2,3%), Navigator (+2,2%) e Altri (LS:ALSS) (+1,9%). Os títulos mais pressionados foram BCP (LS:BCP) (-2,2%) e Jerónimo Martins (LS:JMT) (-2,1%).

EUA: sessão positiva para os principais índices de ações: DJIA +0,04%, S&P500 +0,26% e Nasdaq Composite +0,56%. Dos 11 principais setores do S&P500, 9 terminaram a sessão com ganhos, com destaque para Recursos Naturais (+1,08%), Consumo Discricionário (+0,72%) e Industriais (+0,48%). De lado das perdas, tivemos Utilities (-1,36%) e Saúde (-0,12%).

Paul Ryan
, o líder da maioria no Congresso, criticou as tarifas anunciadas por Donald Trump por poderem aumentar as tensões com os principais parceiros comerciais do país. Entretanto, o representante da administração Trump para o comércio internacional (Robert Lighthizer) referiu que México e Canadá poderão ser excluídos das tarifas, dependendo do resultado das negociações do NAFTA. Segundo as notícias mais recentes, Gary Cohn, Diretor de Concelho Economico Nacional, irá abandonar o seu lugar na administração Trump.

Lael Brainard, Governadora da Reserva Federal dos EUA, considerou que alguns fatores que serviam de obstáculo ao crescimento da economia dos EUA, agora passaram a ser suportes (o que justifica uma maior confiança em como a meta de 2% para a inflação irá ser alcançada), um argumento também utilizado por Jerome Powell na apresentação do relatório semianual de política monetária perante o Congresso, citando o impacto positivo do Plano Fiscal, estimado em 0,5 pontos percentuais do PIB em 2018 e 2019, assim como o contexto favorável da economia global. Referiu que este contexto pode ajudar a ancorar as expectativas de inflação.

Para mais detalhes ver, por favor, o PDF em anexo.

Últimos comentários

A carregar o próximo artigo...
Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.