🟢 Os mercados subiram. Os mais de 120 000 membros da nossa comunidade sabem o que devem fazer. Você também pode saber.Poupar 40%

Investir em Dogecoin é como apostar? Veja o que defende o processo contra Elon Musk

Publicado 30.06.2022, 22:11
© Reuters Investir em Dogecoin é como apostar? Veja o que defende o processo contra Elon Musk…
TSLA
-
DOGE/USD
-
DOGE/USD
-

No passado dia 16 de Junho, Elon Musk foi processado por, alegadamente, ser constituinte e lucrar com um esquema de pirâmide associado à criptomoeda Dogecoin.

O processo foi iniciado no Tribunal Distrital de Nova Iorque e a acusação alega que Elon Musk usou a sua posição como um dos homens mais ricos e influentes do mundo para manipular e operar um esquema de pirâmide em volta da Dogecoin, lucrando com a transição de DOGE e exposição consequente da associação a esta criptomoeda.

A SpaceX e a Tesla Inc (NASDAQ:TSLA), empresas onde Elon Musk tem o cargo de CEO, também foram alvo destas alegações, sendo que os valores exigidos pela parte queixosa rondam os 258 mil milhões de dólares.

Estes valores representam cerca de:

  • 28 vezes mais o valor atual de capitalização de mercado (market cap) da DOGE (aproximadamente 8.9 mil milhões de dólares);
  • 3 vezes mais o máximo market cap alcançado pela DOGE (88.6 mil milhões de dólares);
  • 3 vezes mais o que, alegadamente, lucrou Elon Musk e as suas empresas com este suposto esquema de pirâmide.

Keith Johnson, cidadão americano e parte queixosa neste caso, alega que Elon Musk e as suas empresas lucraram indevidamente 86 mil milhões de dólares como resultado de práticas fraudulentas, publicidade enganosa, entre outras acusações.

Johnson também alega que, entre Maio de 2021 e Junho de 2022, teve, juntamente com outros indivíduos nesta ação coletiva, prejuízos a rondar os 86 mil milhões de dólares. Este valor é agora exigido em forma de compensação, mais 172 mil milhões de dólares em danos e despesas legais.

A ação judicial ainda pede uma ordem para declarar o trading de DOGE como “gambling” dentro do estado de Nova Iorque e ao nível federal, acusando simultaneamente Elon Musk e as suas empresas de não cumprirem as leis de gambling estatais e federais.

Tendo em conta que a parte queixosa alega que o trading de Dogecoin é gambling, a ação coletiva exige o reembolso de todas as “apostas” perdidas entre Maio de 2021 e Junho de 2022.

Lembramos que em Janeiro deste ano, Musk anunciou que a gigante Tesla Inc. iria aceitar pagamentos em DOGE por merchandising da empresa. Mais tarde, em Maio, também a SpaceX, empresa que explora e fabrica sistemas e transportes aeroespaciais, começou a aceitar pagamentos nesta criptomoeda.

Entretanto, desde que esta ação judicial foi indiciada, muitas personalidades do mundo cripto falaram sobre o assunto. Entre elas o pseudónimo e fundador da Dogecoin, Shibetoshi Nakamoto, que deixou o seguinte comentário no Twitter:

Por último, é de assinalar que, à data da publicação, nem a SpaceX, nem a Tesla Inc, nem o próprio Elon Musk se pronunciaram quanto a estas acusações.

Últimos comentários

Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.