Poupe 40%
Novo! 💥 Adira a ProPicks e veja a estratégia que superou o S&P 500 em + de 1,183% Poupe 40%

BOVESPA-Índice avança com expectativa de mais estímulos nos EUA

Publicado 20.01.2021, 14:25
Atualizado 20.01.2021, 14:30
© Reuters.

(Atualiza cotações e acrescenta mais informações)

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO, 20 Jan (Reuters) - A bolsa paulista adotava um viés positivo na manhã desta quarta-feira, com as atenções voltadas para os Estados Unidos, onde Joe Biden toma posse como presidente do país e pode anunciar medidas relevantes em termos de estímulos para a economia norte-americana.

Às 11:25, o Ibovespa .BVSP subia 0,48%, a 121.220,27 pontos. O volume financeiro somava 4,36 bilhões de reais.

Biden fará o juramento como 46º presidente dos Estados Unidos nesta quarta-feira, assumindo o comando de um país assolado por profundas divisões políticas e atingido pela pandemia. fundamental acompanhar os passos do novo governo para entendermos seu foco, suas principais medidas e a direção que o país irá tomar em vários vetores, econômicos, geopolíticos e sociais", afirmou o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos.

Agentes financeiros ponderam, contudo, que o clima favorável a ativos de risco no exterior pode ter atenuado no Brasil pelos ruídos no cenário político e preocupações com o quadro fiscal.

"A nuvem de pessimismo não se dissipa", afirmou a equipe da corretora Planner, citando, além dos riscos fiscais e políticos, notícias preocupantes sobre a economia, principalmente a extensão da crise com a pandemia e atraso na chegada de vacinas.

Na véspera, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) adiou para março a entrega das primeiras doses da vacina da AstraZeneca AZN.L a serem produzidas no Brasil por causa do atraso na chegada do insumo farmacêutico ativo (IFA) da China. na terça-feira, o Brasil registrou 1.192 novas mortes em decorrência da Covid-19 e a notificação de 62.094 novos casos de coronavírus. B2W ON BTOW3.SA subia 6,03%, capitaneando os ganhos de papéis de comércio eletrônico, com a sua controladora LOJAS AMERICANAS PN LAME4.SA avançando 4,30%. VIA VAREJO ON VVAR3.SA tinha alta de 3,63% e MAGAZINE LUIZA ON MGLU3.SA ganhava 3,20%.

- SUZANO ON SUZB3.SA e KLABIN UNIT KLBN11.SA valorizavam-se 2,99% e 2,81%, respectivamente, tendo de pano de fundo cenário favorável para o setor. O BTG Pactual (SA:BBTG99) reiterou recomendação de compras para as ações citando mais uma rodada de aumentos nos preços de celulose pelos principais produtores.

- USIMINAS PNA USIM5.SA caía 1,53%, com o setor de mineração e siderurgia sem uma tendência única. VALE VALE3.SA mostrava acréscimo de 0,34%.

- PETROBRAS PN PETR4.SA subia 0,8%, em meio ao avanço do petróleo no exterior. A companhia também confirmou na véspera que a Ultrapar está liderando negociações para a aquisição da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap). ULTRAPAR ON UGPA3.SA tinha elevação de 1,98%.

- ITAÚ UNIBANCO PN ITUB4.SA cedia 0,39% e BRADESCO PM BBDC4.SA perdia 0,11%, com o setor como um todo mais fraco do que o Ibovespa, com exceção de BTG PACTUAL UNIT BPAC11.SA , que subia 0,56%.

- LIGHT ON LIGT3.SA , que não está no Ibovespa, caía 4,2% após concluir uma oferta de ações que movimentou 2,7 bilhões de reais. O follow-on permitiu à Cemig alienar sua participação de 22,6% na companhia de energia e captar 1,37 bilhão de reais.

CEMIG PN CMIG4.SA cedia 0,28%. MRV ON MRVE3.SA subia 2,03%, em sessão positiva também para outras construtoras em meio à divulgação de prévias operacionais do quarto trimestre de 2020. Na véspera, Lavvi LAVV3.SA e Tenda TEND3.SA também reportaram seus números, que alguns analistas consideraram fortes, ajudando no avanço de 2,48% e 1,74% das respectivas ações.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em .PG.BVSP

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em .PL.BVSP

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

Últimos comentários

Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.