x
Últimas Notícias
0

Invest Outlook 2018 – Parte I (Enquadramento Macroeconómico)

Por Invest BTraderResumo do Mercado06.12.2017 14:47
pt.investing.com/analysis/invest-outlook-2018--parte-i-enquadramento-macroeconomico-200196208
Invest Outlook 2018 – Parte I (Enquadramento Macroeconómico)
Por Invest BTrader   |  06.12.2017 14:47
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este artigo já foi guardado em Artigos Guardados
 

Os últimos quase nove anos, desde os mínimos de Março de 2009, foram de ganhos assinaláveis: o índice S&P-500 valorizou 287% (16,8% p.a.) e o MSCI World ex-US subiu 117% (9,3% p.a.), ambos em USD, sem considerar os respectivos dividendos; nas obrigações, os índices Barclays (LON:BARC) Global Aggregate e o Barclays Global High Yield registaram rendibilidades anuais (total return) de 3,6% e 13,4%, respectivamente, também em USD. A excepção foram as Commodities que, medidas pelo índice S&P GSCI TR, perderam cerca de 28%.

Rendibilidades em 2017
Rendibilidades em 2017

Chegados a 2018, e após um longo período dominado pela política, com o referendo do Brexit e eleições presidenciais nos Estados-Unidos e França e legislativas na Alemanha, entre outras, os investidores terão (finalmente) a oportunidade de focar-se nos fundamentais.

Com efeito, o novo ano começa com a economia mundial a crescer a um ritmo decente (acima da média) e os mercados financeiros em alta. Contudo, persiste um desconforto generalizado com as avaliações, tanto das acções como das obrigações, num cenário de taxas de juro artificialmente muito baixas ou negativas, políticas monetárias progressivamente menos expansionistas, endividamento ainda muito elevado nas principais economias mundiais, aumento da desigualdade na distribuição da riqueza, e crescentes responsabilidades futuras com pensões, derivadas do envelhecimento da população em vários países. Embora se perspective mais um ano positivo para os activos com maior risco, em particular para as Acções, os riscos são assimétricos, aconselhando, na nossa opinião, prudência e diversificação.

Crescimento económico e taxa de inflação moderados

A economia mundial é esperada crescer 3,7% em 2018, ligeiramente acima da média dos últimos seis anos (3,5%). A confirmar-se este desempenho, será o nono ano consecutivo de crescimento acima da média, num período caracterizado por uma reduzida volatilidade. Ou seja, a recuperação da crise de 2009 é uma das mais prolongadas nos últimos trinta anos e pautada por uma considerável estabilidade.

Os Estados-Unidos e a Zona Euro deverão crescer 2,3% e 2,0%, respectivamente, e o Japão é esperado desacelerar dos 1,6%, de 2017, para os 1,0%, no próximo ano. Pelo contrário, as economias emergentes continuarão a liderar o crescimento global, com uma variação de 4,9%, em 2018. Entre estas, destaque para a recuperação da economia brasileira, com um crescimento de 1,7%, a recessão dos últimos anos.

Crescimento da economia mundial
Crescimento da economia mundial

O crescimento da economia mundial continuará, pois, a ser impulsionado pelas economias emergentes e em desenvolvimento e, mais uma vez, num contexto de estabilidade de preços: a taxa de inflação é esperada permanecer em torno dos 2% nas economias avançadas e dos 4% nas economias emergentes e em desenvolvimento. Apesar dos esforços dos bancos centrais, em particular no âmbito das primeiras, em induzir crescimento dos salários e consequentemente inflação, forças como o elevado endividamento e a fraco crescimento demográfico, aliadas à inovação tecnológica, parecem estar a conter tanto o crescimento como a taxa de inflação.

Economias Avançadas vs Emergentes
Economias Avançadas vs Emergentes

Concluindo, o crescimento económico mundial é esperado manter-se moderado no próximo ano, assim como a taxa de inflação. Se por um lado, no curto-prazo a inflação pode subir devido ao bom momento da economia e confiança dos consumidores, no longo-prazo, contudo, é expectável manter-se relativamente baixa, considerando factores estruturais como a elevada dívida, a desigualdade da riqueza e o fraco crescimento demográfico.

Dívida Total Mundial e Crédito total ao sector não-financeiro
Dívida Total Mundial e Crédito total ao sector não-financeiro

Invest Outlook 2018 – Parte I (Enquadramento Macroeconómico)
 

Artigos Relacionados

Invest Outlook 2018 – Parte I (Enquadramento Macroeconómico)

Adicione um comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material  relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Escreva o que você pensa aqui
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
Postar
Também publique em :
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
Postar 1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar Bloqueio

Quer mesmo bloquear %USER_NAME%?

Se o fizer, não poderá consultar as mensagens de %USER_NAME% e vice versa em Investing.com.

Adicionou %USER_NAME% com sucesso à sua Lista de Bloqueios

Uma vez que acabou de desbloquear esta pessoa, deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registe-se com o Google
ou
Registe-se via Email