😎 Oferta de verão exclusiva - Poupe até 50% em ações escolhidas por IA da InvestingProOBTER OFERTA

O cancro desaparece em 100% dos pacientes tratados com um novo medicamento num ensaio clínico promissor

Publicado 14.06.2024, 10:44
O cancro desaparece em 100% dos pacientes tratados com um novo medicamento num ensaio clínico promissor
GSK
-

O cancro do reto desapareceu em todos os pacientes envolvidos num pequeno ensaio clínico de um novo tratamento de imunoterapia, de acordo com novos resultados divulgados este mês.

O estudo é fruto de uma colaboração entre o Memorial Sloan Kettering Cancer Center (MSK), sediado nos EUA, e a empresa farmacêutica GSK.

O estudo analisou um novo medicamento chamado dostarlimab-gxly para tratar doentes com um tipo específico de cancro do reto causado por uma mutação genética.

"Como médica, vi em primeira mão o impacto debilitante do tratamento padrão do cancro do reto dMMR e estou entusiasmada com o potencial do dostarlimab-gxly nestes doentes", afirmou Andrea Cercek, chefe da secção de cancro colorrectal da MSK e investigadora principal do estudo, no comunicado.

MMRd significa "mismatch repair deficient", ou seja, as células têm um sistema de reparação do ADN disfuncional. Estes casos representam cerca de cinco por cento dos cancros do reto.

O tratamento atual para este tipo de cancro é a radioterapia, a quimioterapia, a cirurgia ou uma combinação destes tratamentos.

De acordo com a Clélia Coutzac, médica oncologista que não participou no estudo, os tratamentos têm muitas vezes um forte impacto na qualidade de vida do doente, por exemplo, com perturbações intestinais, incontinência intestinal ou disfunções sexuais.

Como é que o dostarlimab funciona?

"Uma vez que os dMMR são tumores hipermutados, são muito visíveis para o sistema imunitário, que inicialmente vê as células cancerígenas como estranhas e vai matá-las. Passado algum tempo, o cancro evolui e o sistema imunitário deixa de funcionar", explicou Coutzac à Euronews Health.

"O que funciona muito bem nestes tumores é reativar o sistema imunitário com imunoterapia e, neste caso, com o dostarlimab da GSK, um medicamento que orienta os linfócitos para reconhecerem novamente as células cancerígenas como nocivas e matá-las", acrescentou a responsável.

Os doentes que seguiram os tratamentos durante seis meses apresentaram uma resposta clínica completa, sem "qualquer indício de tumor" detetado por ressonância magnética, endoscopia ou exame digital durante o acompanhamento, segundo o comunicado da GSK.

Clélia Coutzac descreveu os resultados como "espantosos".

Mais investigação em curso

Antes de o dostarlimab - também conhecido pela sua marca Jemperli - chegar potencialmente ao mercado para tratar o cancro do reto MMRd, é necessária mais investigação.

Um estudo global denominado Azur-1 foi concebido para testar a eficácia do dostarlimab-gxly quando utilizado isoladamente, em vez de quimioterapia, radiação ou cirurgia, e para confirmar os resultados do MSK.

Últimos comentários

Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.