Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize a sua experiência na Investing.com. Poupe até 40% Mais detalhes

FMI alerta para o impacto do colapso económico do Afeganistão

Economia20.10.2021 20:10
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este artigo já foi guardado em Artigos Guardados
 
© Reuters. FMI alerta para o impacto do colapso económico do Afeganistão

O Fundo Monetário Internacional (FMI) lança o alerta sobre o Afeganistão. O FMI considera que os graves problemas económicos do país podem "alimentar uma crise de refugiados com impacto nos países vizinhos, na Turquia e na Europa".

A economia do país vai contrair 30% este ano, empurrando milhões de pessoas para a pobreza.

Ativos estrangeiros congelados, dependência da ajuda, escassez de dinheiro, moeda em desvalorização e inflação galopante, são o cocktail perfeito para a crise humanitária. Perspetiva-se um enorme fluxo de refugiados. O Tajiquistão já disse que não consegue acolher mais pessoas.

Nas previsões económicas para a região, o FMI traça um quadro muito sombrio: "Um grande afluxo de refugiados poderia sobrecarregar os recursos públicos nos países de acolhimento, alimentar as pressões do mercado de trabalho, e conduzir a tensões sociais", lê-se.

O fundo sublinha a necessidade de assistência internacional e, sendo impossível prever o número de refugiados, calcula que para acolher um milhão de pessoas, o Tajiquistão precisaria de cerca de 85 milhões de euros; O Irão, 260 milhões e o Paquistão 430 milhões.

FMI alerta para o impacto do colapso económico do Afeganistão
 

Artigos Relacionados

Arranca em Davos o Fórum Económico Mundial
Arranca em Davos o Fórum Económico Mundial Por Euronews PT - 22.05.2022

O Fórum Económico Mundial que começa este domingo, em Davos. A pandemia obrigou o evento a ser adiado de janeiro para maio. Também por causa da...

Adicione um comentário

Diretrizes para Comentários

Encorajamos o uso de comentários como forma de interagir com os nossos usuários, compartilhar a sua perspetiva e fazer perguntas. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado no tema. Apenas coloque conteúdo relativo ao tópico.
  • Seja respeitoso. Até as opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
Também publique em :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar Bloqueio

Quer mesmo bloquear %USER_NAME%?

Se o fizer, não poderá consultar as mensagens de %USER_NAME% e vice versa em Investing.com.

Adicionou %USER_NAME% com sucesso à sua Lista de Bloqueios

Uma vez que acabou de desbloquear esta pessoa, deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Registe-se com o Google
ou
Registe-se com email