Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA Cyber Monday prolongada: Poupe até 60% na InvestingPro+ OBTER OFERTA

Acordo de Governo em Itália Beneficiou a Dívida Periférica na Zona Euro

Por Albino OliveiraObrigações01.06.2018 08:35
pt.investing.com/analysis/acordo-de-governo-em-italia-beneficiou-a-divida-periferica-na-zona-euro-200196591
Acordo de Governo em Itália Beneficiou a Dívida Periférica na Zona Euro
Por Albino Oliveira   |  01.06.2018 08:35
Guardado. Veja Artigos Guardados.
Este artigo já foi guardado em Artigos Guardados
 
 
EUR/USD
-0,44%
Adicionar/Remover de uma carteira
Adicionar a Watchlist
Adicionar Posição

Posição adicionada com sucesso a:

Dê um nome à sua carteira de participações
 
BCP
+1,23%
Adicionar/Remover de uma carteira
Adicionar a Watchlist
Adicionar Posição

Posição adicionada com sucesso a:

Dê um nome à sua carteira de participações
 
DE10Y...
+0,37%
Adicionar/Remover de uma carteira
Adicionar a Watchlist
Adicionar Posição

Posição adicionada com sucesso a:

Dê um nome à sua carteira de participações
 
US10Y...
+2,38%
Adicionar/Remover de uma carteira
Adicionar a Watchlist
Adicionar Posição

Posição adicionada com sucesso a:

Dê um nome à sua carteira de participações
 

1. Lega e 5 Stelle alcançaram um acordo sobre os membros do governo que serão propostos ao Presidente da República de Itália. Se confirmado o novo governo, evita-se a realização de um novo ato eleitoral no país que criou receios nos mercados quanto a poder ser associado a um referendo sobre a permanência do país no euro. Foi já visível uma redução nas yields e spreads de Itália fruto de menores preocupações com um Italexit e de ter sido evitada uma crise institucional no país. Após ter sido rejeitado como ministro das finanças, a presença de Paolo Savona como responsável pelos assuntos relacionados com a União Europeia mantém a ideia em como o novo governo italiano terá uma postura de confronto face à Comissão Europeia. O fluxo de notícias e os riscos de revisões em baixa na notação de crédito por parte das agências de rating deverão permanecer no centro das atenções ao longo das próximas semanas/meses, tendo em conta a política orçamental expansionista que consta do programa de governo. Se nos lembrarmos do efeito disciplinador dos mercados, como foi visível aliás na última semana, uma redução mais significativa das yields e spreads de Itália irá provavelmente ficar dependente de uma maior visibilidade sobre a implementação das políticas pelo novo governo e de uma eventual menor tensão com Bruxelas face ao esperado. A favor da dívida italiana, refira-se a provável melhoria já observada em termos de posicionamento dos investidores, como visível na forte subida das yields na parte mais curta da curva ao longo da última semana.

2. Não só no segmento acionista, no qual a underperformance do setor bancário na área do euro continua a ser bem visível, a última semana voltou a mostrar uma evolução desfavorável para esta área do mercado no que se refere ao crédito, penalizado por uma variedade de temas: exposição do setor da região à Turquia, incerteza política em Itália e Espanha, moderação das expectativas para a normalização da política monetária por parte do Banco Central Europeu, continuação da queda nos indicadores de sentimento dos empresários e flattening da curva alemã. Em Portugal, a emissão AT1 da Caixa Geral de Depósitos e a emissão subordinada do BCP (LS:BCP) com call em dez22 mostraram-se bastante pressionadas.

3. Portugal encontra-se no calendário da Fitch (BBB/Stable) esta sexta-feira. Com uma notação situada um notch acima da Standard & Poor's e dois notches acima da Moody's, não são esperadas novidades. Os recentes comentários do FMI (Staff Concluding Statement of the 2018 Article IV Mission) e da OCDE revelaram-se ambos, de uma forma geral, favoráveis ao país.

4. As recentes quedas nas yields de Alemanha e EUA refletem o aumento dos riscos políticos e riscos relacionados com a política comercial (aumento das tensões entre EUA com a China e a União Europeia), assim como a fraca evolução dos índices de ações na área do euro/EUA e os (crescentes) receios com os mercados emergentes, tendo em conta o ambiente de dólar norte-americano mais forte e abrandamento no ciclo de comércio internacional.

Para mais detalhes ver, por favor, o PDF em anexo.

Acordo de Governo em Itália Beneficiou a Dívida Periférica na Zona Euro
 

Artigos Relacionados

Banco de Portugal
Emissões de Títulos   Por Banco de Portugal - 09.12.2016

O Banco de Portugal publica hoje, no quadro A.25 do Boletim Estatístico e no BPstat, as estatísticas de emissões de títulos de dívida e de...

Acordo de Governo em Itália Beneficiou a Dívida Periférica na Zona Euro

Adicione um comentário

Diretrizes para Comentários

Encorajamos o uso de comentários como forma de interagir com os nossos usuários, compartilhar a sua perspetiva e fazer perguntas. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado no tema. Apenas coloque conteúdo relativo ao tópico.
  • Seja respeitoso. Até as opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
Também publique em :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja eliminar este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua capacidade de comentar está suspensa devido a relatórios negativos por partes utilizadores. O estado será revisto pelos nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar Bloqueio

Quer mesmo bloquear %USER_NAME%?

Se o fizer, não poderá consultar as mensagens de %USER_NAME% e vice versa em Investing.com.

Adicionou %USER_NAME% com sucesso à sua Lista de Bloqueios

Uma vez que acabou de desbloquear esta pessoa, deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Registe-se com o Google
ou
Registe-se com email