🧮 Ainda escolhe ações à moda antiga e lenta? Está na altura de experimentar o poder das ações escolhidas por IAPoupar 50%

EUA: Acordo de dívida 'in extremis' - 5 questões-chave nesta quinta-feira

Publicado 30.09.2021, 08:40
© Reuters.
US500
-
DJI
-
JP225
-
HK50
-
IXIC
-
SSEC
-

Por Laura Sánchez

Investing.com - A administração Biden conseguiu aprovar uma lei para suspender o limite máximo da dívida, o que evitará o incumprimento dos EUA.

Esta quinta-feira estaremos de novo atentos às declarações dos banqueiros centrais.

O Japão manterá a sua política de estímulos.

As criptomoedas recuperam esta manhã.

Estes são os cinco fatores que os investidores terão de ter em conta ao tomarem hoje as suas decisões:

1. EUA: Acordo para suspender o teto da dívida

A Câmara dos Representantes do EUA, da maioria democrata, aprovou ontem à noite um projeto de lei para suspender o limite máximo da dívida e impedir o país de faltar ao pagamento da sua dívida nacional no dia 18 de Outubro.

A iniciativa recebeu o apoio de 219 legisladores, enquanto 212 votaram contra.

2. Banqueiros centrais

Hoje estaremos novamente atentos às declarações de Jerome Powell, bem como de outros membros do FOMC.

Fabio Panetta (BCE) falará também.

O foco destas conferências continua a ser as previsões da inflação dos bancos centrais europeus e americanos, bem como os seus planos de reduzir as suas compras de obrigações (tapering).

3. O Japão manterá a sua política de estímulos

O governador do Banco do Japão (BOJ), Haruhiko Kuroda, disse hoje que esta entidade manterá a sua política monetária ultra-flexível quaisquer que sejam as medidas económicas que o iminente novo primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, decidaimplementar.

O chefe do banco central do Japão disse que a entidade continuará a implementar a sua estratégia de estímulo monetário até atingir o seu objetivo de 2% de inflação, tal como estabelecido no seu mandato, durante o seu discurso num fórum virtual organizado pelo Banco Central Europeu (BCE), relata a EFE.

4. Mercados bolsistas asiáticos e americanos

Os principais índices asiáticos são hoje mistos. O Nikkei subiu 0,2%, o Hang Seng de Hong Kong desceu 0,9% e o Shanghai Composite subiu 0,4%.

Em Wall Street, o mercado também terminou ontem misto. O S&P 500 (+0,1%), o Nasdaq (-0,2%) e o Dow Jones (+0,2%) foram os destaques.

5. Dados macroeconómicos

Entre as referências macroeconómicas na quinta-feira, o PIB e o investimento empresarial do Reino Unido, o índice de preços de importação e desemprego na Alemanha, o IPC em França, Itália, Alemanha e Portugal, as vendas a retalho e a balança corrente em Espanha, bem como a taxa de desemprego na Zona Euro, serão dignos de nota.

Nos EUA vamos conhecer o PIB trimestral e os novos pedidos de subsídio de desemprego.

Últimos comentários

Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.