Poupe 40%
Novo! 💥 Adira a ProPicks e veja a estratégia que superou o S&P 500 em + de 1,183% Poupe 40%

Problema com o limite máximo da dívida dos EUA: 5 chaves nesta terça-feira

Publicado 28.09.2021, 08:35
Atualizado 28.09.2021, 08:36
© Reuters.

Por Laura Sánchez

Investing.com - A administração Biden não conseguiu ontem aprovar as medidas necessárias para combater o limite máximo da dívida no país, cujo prazo expira este mês.

Vários membros do Banco Central Europeu (BCE) e da Reserva Federal dos EUA (Fed) falam hoje.

Na Europa, as consequências de Brexit começam a fazer-se sentir na economia britânica.

As principais criptomoedas estão a ser corrigidas em baixa esta manhã.

Aqui estão os cinco fatores que os investidores devem considerar hoje ao tomarem as suas decisões:

1. EUA: Problemas de no teto da dívida

O Senado dos EUA não conseguiu até agora fazer progressos na aprovação de medidas para suspender o limite máximo da dívida federal e evitar um encerramento parcial do governo, uma vez que os legisladores republicanos não deram o seu "sim" ao projeto de lei para avançar.

A questão do limite máximo da dívida, que deverá expirar este mês, ameaça desestabilizar a economia dos EUA.

2. Brexit começa a ter o seu preço

O governo britânico colocou o Exército em alerta como parte das medidas para lidar com uma crise na cadeia de abastecimento, que secou as bombas de combustível devido ao pânico comprador por parte dos condutores.

A mobilização do exército surge face a uma escassez generalizada de camionistas, o que tem causado graves problemas de abastecimento aos retalhistas e restaurantes nos últimos meses, bem como impedindo grandes stocks de combustível de chegar às estações de serviço, relata a Reuters.

3. Powell, Lagarde e mais banqueiros centrais

Estaremos atentos às declarações de vários banqueiros centrais. Christine Lagarde, Luis de Guindos, Fabio Panetta e Isabel Schnabel do Banco Central Europeu (BCE) irão falar.

Nos EUA, Jerome Powell, Michelle Bowman, Raphael Bostic, Charles Evans do FOMC também têm intervenções agendadas.

4. Mercados bolsistas da Ásia e dos EUA

Os principais índices asiáticos estão hoje mistos. O Nikkei desceu 0,3%, o Hang Seng de Hong Kong subiu 1,1% e o Shanghai Composite subiu 0,5%.

Em Wall Street, o mercado também terminou ontem misto. O S&P 500 (-0,2%), o Nasdaq (-0,5%) e o Dow Jones (0,2%) foram os destaques.

5. Dados macroeconómicos

Entre as referências macroeconómicas na terça-feira, destacam-se o índice de sentimento do consumidor Gfk na Alemanha e a confiança do consumidor em França.

Nos EUA, serão publicados os inventários grossistas e o índice de vendas a retalho da Redbook.

Últimos comentários

Divulgação de riscos: A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que há qualquer discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.